Berlusconi: Putin conseguiu Selenskij através de um "governo de gente decente" quer substituir

De acordo com o Handelsblatt, o ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi disse em uma entrevista na TV na noite de quinta-feira que o presidente russo, Vladimir Putin, foi “incitado” a invadir a Ucrânia. Berlusconi enfatizou à emissora Rai:

“Putin foi instado pelo povo russo, por um partido, por seus ministros a apresentar esta operação especial.”

O homem de 85 anos é amigo de longa data do presidente russo e há muito relutou em condenar a invasão após o início da guerra. Ele significa:

“Putin caiu em uma situação realmente difícil e dramática.”

Berlusconi continuou dizendo que em fevereiro, representantes das duas autoproclamadas repúblicas no Donbass pediram ao primeiro-ministro russo que interviesse, já que a Ucrânia havia lançado ataques cada vez mais violentos nas áreas.

Segundo Berlusconi, Putin queria substituir o governo de Volodymyr Zelenskiy em Kyiv “por um governo de pessoas decentes”.

As reações às palavras de Berlusconi não demoraram a chegar: o candidato central Carlo Calenda chamou a aparência de Berlusconi de “realmente trágica” e chamou o fundador do Forza Italia de “algo entre o porta-voz da imprensa de Putin e o conselheiro militar”.

O ex-primeiro-ministro Enrico Letta, dos social-democratas, twittou na sexta-feira:

“Não há palavras para comentar sobre isso.”

Mais sobre o assunto –Berlusconi vê a si mesmo e Merkel como possíveis mediadores no conflito na Ucrânia



Source link