Síria: Israel bombardeia aeroporto de Aleppo novamente

Israel realizou na terça-feira um ataque aéreo no aeroporto de Aleppo, na Síria, pela segunda vez em uma semana, suspendendo o tráfego aéreo no último ataque aéreo em Aleppo. Vários mísseis israelenses causaram danos à pista do aeroporto de Aleppo à noite, informou a agência de notícias síria SANA. A Força Aérea Síria disparou vários mísseis para evitar a agressão, informou a SANA. O Ministério dos Transportes disse que todos os voos seriam desviados para o aeroporto de Damasco. Em junho, o tráfego aéreo na capital síria Damasco foi temporariamente suspenso como resultado de um ataque israelense.

🚨🚨🚨Israel está bombardeando Aleppo novamente, em mais um ataque não provocado à Síria.

— Kevork Almassian🇸🇾🇦🇲 (@KevorkAlmassian) 6 de setembro de 2022

danos a #Alepo Aeroporto Civil Internacional depois #Israel agressão ilegal. Se isso tivesse sido #Rússia haveria indignação ocidental e notícias de primeira página. "amigos de israel" 🤐#Síria assuntos. pic.twitter.com/JHV50iBcli

— vanessa beeley (@VanessaBeeley) 7 de setembro de 2022

De acordo com o chamado “Observatório Sírio para os Direitos Humanos”, um grupo anti-Assad com sede em Londres, Israel também destruiu armazéns “leais às milícias iranianas” no ataque próximo à pista. De acordo com seu próprio relato, Israel quer impedir que o Irã e suas milícias aliadas expandam sua influência militar na Síria. Israel, portanto, bombardeia regularmente alvos no país vizinho.

O ministro das Relações Exteriores da Síria, Faisal Mekdad, emitiu um alerta severo a Israel depois que o exército israelense bombardeou o Aeroporto Internacional de Aleppo na Síria pela primeira vez. Mekdad disse que Israel estava “brincando com fogo” e arriscando um conflito militar em grande escala. Desde que o conflito sírio eclodiu em 2011, Israel realizou centenas de ataques aéreos contra alvos na Síria.

Mais sobre o assunto – Síria: Israel bombardeia repetidamente aeroporto em Aleppo





Source link